n° de visitantes

Leitores

terça-feira, 11 de maio de 2010

Imagem e ação, não obrigada.


Tem dia que a palavra não quer rimar. O coração não quer poesia, nem música, nem silêncio, nem nada. Tem dia que simplesmente o dia não funciona. Quando a gente não deveria ter saído da cama. Mas tive que levantar. Tomar banho, arrumar e encarar algumas verdades. Alguns momentos que eram para ser felizes. Mas não foram. É que eu não tenho paciência. Eu não tenho o menor saco pra gente bipolar. Bitolada. Bipartida. Bi qualquer coisa que se divida em dois. Não consigo acreditar mais em gente que fala demais. Que escuta de menos. E que não ama nada.

(um segundo: Respira. Afinal, o que você não consegue entender?)

Quando a gente insiste em acontecer a vida pára. Já reparou? Um instante era ontem, hoje nenhuma palavra. O que foi imediato à felicidade agora é cicatriz de saudade. Achei que fosse bom virei falta de coragem. Estou estagnada e muda. Arranjei versos, algum instante sozinha, algumas frases de impacto, uma lingerie linda, e você nada? Tudo bem, esquece a lingerie. Eu estava FELIZ. Eu estava - confesso - acreditando em tudo que você me dizia. E por mais que eu não pudesse, eu estava lá parada olhando pra sua cara de indeciso. Para o seu mundo dividido em dois: em você mesmo e no que você acha que você é. Posso ser sincera? Que não seja comigo, que não aconteça agora e que nada disso seja importante. Mas imprima isso e cola na geladeira: é preciso deixar as coisas tomarem vida própria. Vou explicar, esqueça um pouco seu passado e não imagine futuros próximos, mas tome muito cuidado. Com você. É melhor entender e aceitar feliz que o problema é da gente do que do outro. Só respirar não adianta. Tem que ter pulso. Tem que ser firme. Acho que está na hora de acordar pra dentro. De inspirar. De tomar uma decisão.

(não disse que era só um segundo? Afinal, agora você consegue entender?)


Não me venha com jogo de perguntas e respostas. Não pense que eu vou cair na sua se você desaparecer. Sinta-se orgulhoso se eu ainda te quero. Sinta-se lisonjeado se eu ainda estou com você.



Vamos fazer um acordo?

Eu gosto de você, e você?



10 comentários:

Amanda disse...

Ai lova...eu gosto tanto de ler tudo o q vc escreve...q a cada dia q passa eu sinto mais orgulho de vc! T amo!

Luísa disse...

helenaa!!
quem t viu quem t veh!
ow..texto profundo...
de verdadee! c escreve mtu bem!! disiste dessa medicina engrata e tenta letrass!!ushausuh

Bjaoo

Leticia disse...

O texto ficou ótimo, e combinou com o " momento ", claro!
O tempo é quem vai decidir se é ou não para ser.. Realmente eu tb estou achando tudo muito estranho, afinal, tb não suporto pessoas bipolares.. É preciso ter acima de tudo caráter e botar a cara á tapa.. Não adianta nada ser lindo e romântico apenas nas " saidinhas " , é preciso cultivar o romantismo e ser igual todos os dias!

Leticia disse...

ps: tb acho que deveria desistir da medicina.. Vc escreve mto bem e é menos uma concorrente né? rs..
s2

Adhil Rangel disse...

Você se supera a cada texto, chega arrepiar...sério. Da pra sentir a intensidade de cada letra!!!!
Esse arrepiou dos pés à cabeça...

Deixa eu te falar...

Na maioria ds vezes a mentira se disfarça de amor...acredite...

Mas não tem nada, não... Somos felizes.
Um beijo

Manuel Rodrigues Pereira disse...

Um texto algo inquietante...
Bem escrito mas, espero que haja força aí desse lado. É importante saber traçar o caminho a seguir.
Sinceros cumprimentos.

Camila disse...

Parabéns.. tudo muito gracinha!!
As imagens .. o tema..
Blog gostoso de ler!!
bjins

jefhcardoso disse...

Helena, conseguiu transcrever algo que é difícil de se expor e de se esclarecer, INQUIETUDES, parabéns moça de alma nua.
Em meu blog eu postei um presente que recebi do céu. Literalmente. E agora venho lhe convidar para dar a sua contribuição em forma de comentário. E se achar que mereço o seu apoio, vote em meu blog para o Prêmio Top Blog 2010. Mas se você também estiver concorrendo na mesma categoria que eu (variedades), queira me desculpar. Abraço do Jefhcardoso
http://jefhcardoso.blogspot.com

jefhcardoso disse...

Helena, do seu comentário em meu blog: obrigado! (sorrio).

Abraço do Jefhcardoso e tenha uma ótima semana.

Andreia Sieczko disse...

Caramba... parece que esse texto foi escrito pra mim, muito lindo, com uma profundidade incrível... Posso colar esse link no meu blog? Te dou todos os créditos. Amei, parabéns!
Andreia Sieczko