n° de visitantes

Leitores

quinta-feira, 6 de maio de 2010

e ponto




Esse texto é pra falar de mim. Para repetir para mim mesma o quanto eu não gosto de mentiras. O tamanho do meu desgosto quando eu descubro que alguém não era aquilo que eu pensava que fosse. Esse texto é do tamanho da minha angústia. Da minha desilusão e do meu rancor. O tempo passa escondendo verdades e mostrando outras também. Mas é que para viver tem que dar a cara a tapa. Tem que lutar pra ser alguém com intuito de VENCER. E digo mais: se não for assim melhor nem vir. Eu sinto muito se você não pode ser alguém de verdade. Eu realmente sinto muito. Se você precisou se esconder por algum tempo para não mostrar falhas. Eu estou armada. Sendo amada e feliz. Esse texto é um espaço, um vazio, um lamento, um fundamento:
às vezes eu sinto saudade. Às vezes eu me sinto
entediada - talvez triste - mas, às vezes, eu não sinto nada. Que seja melhor assim.

2 comentários:

O que é More A Love Story? disse...

É doloroso se apioar nos outros como se o mundo girasse em torno disso, mas pra que esperar de alguem?

Adhil Rangel disse...

Um trecho da musica de Vinícius de Morais...
''Assim como o oceano
Só é belo com luar
Assim como a canção
Só tem razão se se cantar
Assim como uma nuvem
Só acontece se chover
Assim como o poeta
Só é grande se sofrer''

Pensa pelo lado bom é assim que eu faço... Vc é feliz e sempre vai ser, ninguem vai tirar isso de vc...