n° de visitantes

Leitores

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Amor só funciona no gerúndio.


Eu descobri que sou imprevisível. Gosto de pensar que as coisas boas vêm como grandes surpresas. Porque assim as surpresas se tornam eternas. E se tornam mesmo. Um beijo doce e quente inesperado. Uma mordida de leve enquanto eu durmo. O barulho de uma mensagem no celular que vem de dentro da bolsa. E de dentro da bolsa um papel amassado que diz: ''te amo'' em letras tortas. Ou até a vitamina de abacate na cama - mesmo que só tenha a vitamina - é o melhor bom-dia do mundo! Porque amar é. E sendo amor não interessa o resto. Não interessa se a gente vai dividir a conta. Se a gente prefere ficar no meio do mato do que no luxo. Se a gente engorda. Ou se a gente virou cinéfilos de filmes em 3D infantil. A gente acabou dividindo a família, os amigos, o mesmo prato, a fiel e eterna escova de dente, os problemas, a ignorância, os medos e a dor. Mas o essencial mesmo é que somos imprevisíveis. Mesmo você conhecendo meus mimos e minha antipática TPM você sempre arruma um jeito e me faz a pessoa mais boba e apaixonada do mundo quando chega com o chocolate (ou a champagne!). Tudo isso a troco de que? Boas histórias? Bons momentos? A lingerie muda e minha loucura também. Na mesma intensidade que seu time de futebol ganha e perde. E a gente continua. A gente continua sendo melhores amigos, confidentes, loucos, desvairados e amantes. Funciona assim: a gente abre parênteses (inventa um mundo!) e fecha parênteses. O que esse amor construiu chama-se fidelidade. E eu não falo dessa fidelidade que apenas se faz ser, eu falo de uma vida que estamos construindo. Num gerúndio sem fim. Te amo.

(existem certos pensamentos que se passarem em branco, passam! Publicar foi a maneira de exteriorizar!)

6 comentários:

natygoodgod disse...

O GUI MERECEEEEEEEEEEEE ! lindos demais voces, parabéns pelo poema, pelo amor .. pela fidelidade :)
até me apaixonei pelo amor de voces aqui agora !
lindos, lindos !

Helena de Oliveira disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
ooooooooooooooooooooooo
mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
eeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
sssssssssssssssssssssssss
mmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm
oooooooooooooooooooooooo!

Projeto Reticere disse...

já dizia o rosa que felicidade vem é nas horinhas de descuido... é por isso que existem poetisas como você para tentar, singelamente, descrever o amor momento a momento... singelo seu texto.. gostei demais!

bjs, se cuidem.

gleuber militani

Guilherme disse...

Te amo minha poeta mais linda desse mundo, você é tudo na minha vida. Assim como eu você chegou sem bater e sem pedir licença!!Mais jah tem o melhor lugar. Te amo!!Te Amo!!"In my life. I love you more!!"

Anônimo disse...

Helena, lindo demais!!
Ao lê-lo, despertou ainda mais o amor que eu sinto pelo Alan!
Parabéns pelo jeito que escreve: despertando sentimentos no leitor!!
Marcela (do IEMP).

aRii disse...

Muito lindo, adorei ler. Muitos parabéns pelo blog :'D