n° de visitantes

Leitores

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Nota rápida

(...)

''As forças israelenses aprofundaram na quinta-feira, 15/01, sua incursão na Cidade de Gaza, no que pode ser o último avanço contra os militantes do grupo islâmico Hamas antes de um possível cessar-fogo na guerra iniciada há 20 dias'' diz o grupo de informação com presença global, a Reuters. (http://br.reuters.com/) Completando: ''O número de vítimas na Faixa de Gaza em 20 dias de confronto subiu para pelo menos 1.105 mortos, com cerca de 5.100 feridos, segundo o ministério local da Saúde, administrado pelo Hamas. Uma ONG palestina disse que cerca de 700 dos mortos são civis. '' Demais notícias estão impressas nos jornais todos os dias. O caos que enfumaça o mundo não tem prazo final. Serão estendidos mais alguns longos dias para com a guerra. E novos corpos também. O que me assusta, além novas vítimas, e alvejadas aos remédios e comidas da ONU, é a frieza do mundo. O vestido com o qual a primeira dama mundial, Michelle Obama, irá se apresentar na posse do marido, que acontece na próxima terça-feira. Ou o desfile de Carla Bruni por Copacabana, pouco tempo atrás. I-n-a-c-r-e-d-i-t-á-v-e-l! (...) E agora a pouco o presidente Lula pede a Barack Obama que mude sua visão sobre a América Latina. Estados Unidos remendam: ''terra de comunistas, terroristas e narcotraficantes. '' O Brasil é visto como a esquina do tráfico (claro, perdendo para Colômbia e Bolívia), mas, pelo menos, enviou remédios e alimentos à faixa de Gaza. Lugar onde eles, por enquanto, financiam mortes. E moda por aí.



Minha poesia ta cinza. Preciso de um cessar-fogo.

2 comentários:

piti dutra disse...

é. uns têm mísseis, outros, sapatos. e sobre mortes e moda...: é o show da vida, como dizia o cidmoreira com sua voz cavernosa.

Helena disse...

kkkkkkkkk

ai, querido! vc é ótimo.