n° de visitantes

Leitores

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Escrevo sobre o que me assombra (Lya Luft)

Esse dia, como de costume, entrei no meu twitter para escrever qualquer coisa. Alguma frase pronta, qualquer pensamento que poderia estar mudo, poder fazer barulho. Fazer a parte chata do dia passar mais depressa. Mas logo quando me conectei a Lya Luft estava na minha página com uma frase descarada que cuspia mais ou menos isso: ''Ser vítima é tão mais fácil.'' Meus dedos ficam mudos. Nada saiu do tecladinho novo que eu comprei há uma semana. Fiquei paradinha pensando e... Não é que ela estava certa? Mais uma vez eu iria postar uma frase-efeito. Algum sentimento intruso que bagunça a homeostase, frase que quer falar!!! Só que a danada da frase da Lya me tirou a inspiração que vem leve. Essa é a verdade lida: além de incrível, Lya Luft estava certíssima. Parecia até que fosse somente para mim aquela frase. Ela veio na hora certa. Como eu sempre digo, com o pé na porta. Em meio tom a frase já comia meus ânimos e minha coragem para escrever. Até que decidi considerar: vem cá, vamos minorar o que está à mostra e entender: Sofrer é inevitável, mas ser a vítima pode (sim!) ser muito bem evitado. Não acho que estou errada. Nem eu e nem ela. Todas essas circunstâncias que nos são proporcionadas dia-a-dia sem qualquer poesia são mesmo muito invasoras. A demora é longa até poder reduzir o tempo em verdade acontecida. Em palavra nova. Tô falando da dor. De esse lamentar que surge sem aspas, sem espelho, sem pressa. Portanto, que o Sofrer seja breve e a melhora lúcida!!! Não vale a pena perder a inspiração por nada. Os poetas e as poetisas estão aí (o já se foram) para nos fazer entender e para nos fazer questionar. Eu gosto de liquidificar a faculdade de pensar. Exercitar o que me atrai para ser melhor.




''Tudo existe. Tudo o que a gente inventa existe, se a gente quer, existe lá no seu mundo, do seu jeito.''' Lya Luft


(Um dia seguinte após escrever o texto entrei no twitter e lá estava a frase: ''
Lya nasceu no dia 15 de setembro de 1938, em Santa Cruz do Sul - RS. Parabéns por hoje, e obrigada por sempre nos acariciar a alma'' Eu não sabia mas acabei escrevendo esse texto um dia antes. Por tanto, parabéns, flor.)

11 comentários:

Projeto Reticere disse...

Atribui-se a Nietzsche a frase "a essência da felicidade é não ter medo"... acho que é por esta rua que caminhavam as palavras de Lya...

Gleuber Militani
Projeto Reticere

Helena de Oliveira disse...

Gleuber e eu vamos fazer um projeto bacana com foto e grafias.

A palavra vai fotografar!!!!!!

Lu molica disse...

dizem que o ser humano antes de morrer tem que fazer 3 coisas: ter um filho, plantar uma arvore, e escrever um livro..

os filhos e a arvore nao sei quando vc vai resolver, mais o livro, eh so imprimir esse blog todo e mandar pra uma editora!! eu comprooo! mtooo bommmmmmmmm

Luana disse...

Vou esperar muito o Projeto de vocês!!!Adoro os posts dessa minha amiga!!!Ela tem o dom num é mesmo???

Helena de Oliveira disse...

Se eu montar o livro vc leva para os estados unidos e vende lá pra mim?

Obrigada, Ipatinga!!!

Helena de Oliveira disse...

você não vale, Luana!!!!

lu molica disse...

clarooo!! so nao sei se sei traduzir usando um vocabulario dificil igual ao seu..mais posso tentar. mais tem que incluir o monologo da vagina

Helena de Oliveira disse...

O monólogo da vagina é um texto-escândalo. E tem destinatário certo. hahahaha


amo!

Luana disse...

monólogo da vagina??hahahhaa..esse eu não conheço ainda!!!!você postou aqui no blog?

Helena de Oliveira disse...

Não, lú. Mas se quiser te envio por e-mail. O texto é FOOOOOODA.

Florence disse...

Simplesmente MARAVILHOSO!