n° de visitantes

Leitores

sexta-feira, 13 de março de 2009

escondi as flores nas mãos
deixei as pedras no chão
sonhei o infinito
articulei a linguagem
fui mais dor que coragem.

6 comentários:

Projeto Reticere disse...

... menina, tu vai longe... tu vai muito longe... olha só, eu já li te tudo na vida, fiz Letras, estudei.. então, sem falsa modéstia, um cadiquim de literatura eu conheço... e tu vai longe... acredite... sua vida pode ser uma vida dedicada a poesia...

Beijão
Gleuber Militani

Mahatma Fortes disse...

2 versinhos pra vc!


vejo tudo além da dor:
vejo doces e caramelos!

Cândido disse...

e eu que não conseguir medir o abismo e me apaixonei?

uma vez comentou no meu blog, faz muito tempo, mas hoje eu meio que "ressucitei" ele...
vim sentir tua poesia...

adorei!
belissima!
=]

Cândido disse...

aah, esqueci de dizer que meu nome tbm eh Helena, soh que na versão francesa: Helayne.

e aah, tambem sou de agua:
canceriana...sem lar.
=]

Anônimo disse...

Você está tão mais serena, mais fluente, mais interessante. Nada que já não apontasse para isso. Mas é bom ver o desenvolver da coisa toda.Vou sempre acompanhar de longe. Mas com admiração. Um de seus leitores disse que você vai longe...Você vai mesmo.. e vou sempre ter orgulho de ser um tipo de amigo virtual. mas um dia vamos tomar um vinho só para brindar ao seu sucesso. bjs
Humberto Barros.

Helena disse...

Humberto!!!!!! Que delícia você por aqui. Me deixe seu e-mail!! Beijos!!
Que felicidade....